MARY HOPKINS - Those were the days

[postlink]http://veiapan.blogspot.com/2010/08/mary-hopkins-those-were-days.html[/postlink]http://www.youtube.com/watch?v=lNVit7cesj8endofvid
[starttext]
Mary Hopkin, nasceu em Pontardawe, País de Gales, Reino Unido, no dia 3 de maio de 1950. A sua carreira musical como vocalista iniciou-se em 1967 no seio do grupo de folk chamado Selby, Set & Mary.

A modelo Twiggy pôs Mary em contacto com Paul McCartney depois de ganhar o concurso televisivo "Oportunity Knock" com a canção "Turn, turn, turn".

Paul McCartney abriu-lhe as portas para o mundo musical ao trazê-la para a editora Apple Records em 1968 e ser seu produtor.

O single "Those Were the Days" 1968 produzido por Paul McCartney foi o maior êxito da sua carreira. Cartney escreveu o seu segundo single intitulado "Goodbye", e produziu-lhe o álbum "Post Card".

Com a canção "Knock Knock, Who's There?" representou o Reino Unido no Festival Eurovisão da Canção 1970, onde ela terminou em segundo lugar, atrás de Dana.

A partir da publicação do seu segundo álbum editado em 1971, chamado "Earth Song-Ocean Song", e depois do seu casamento com Tony Visconty, Mary retirou-se da vida musical, para voltar mais tarde, sem grande sucesso.

Depois de se divorciar de Visconty em 1981, foi a vocalista da canção "Rachael's Song" de Vangelis para o filme Blade Runner.

Entre 1982 e 1984 fez parte dos grupos chamados Sundance e Oasis como vocalista.

Em 1989 lançou o álbum "Spirit", com o single "Ave Maria". Foi produzido por Benny Gallagher.


Those Were The Days

There once was a tavern
brindávamos where once or twice
Remember how we laughed for hours
and dreaming about all the great things we would do

Those were the days my friend
thought that never ends
would dance forever and a day
would live the life you choose
'd fight and never lose
because we were young and sure of what would be our way

La la la la la la
La la la la la la
La la la la la la la la la la la

Then the busy years in crossed
lost our starry notions on the way
if by chance you saw the tavern
sorriríamos each other and we would say

Those were the days my friend
thought that never ends
would dance forever and a day
would live the life you choose
'd fight and never lose


La la la la la la
La la la la la la
La la la la la la la la la la la

Well tonight I was standing in front of tavern
nothing seemed as before
the glass I saw a strange reflection
the woman I was really lonely ?

Those were the days my friend
thought that never ends
would dance forever and a day
would live the life you choose
'd fight and never lose
those were the days , oh yes those were the days

La la la la la la
La la la la la la
La la la la la la la la la la la

La la la la la la
La la la la la la
La la la la la la la la la la la

Through the door came a chuckle known
I saw your face and heard you call my name
oh my friend we're older but no wiser
because in our hearts the dreams are still the same

Those were the days my friend
thought that never ends
would dance forever and a day
would live the life you choose
'd fight and never lose
those were the days , oh yes those were the days

La la la la la la
La la la la la la
La la la la la la la la la la la
Aqueles eram os dias

Era uma vez uma taverna
Onde brindávamos uma ou duas vezes
Lembra como ríamos pelas horas
E sonhávamos com todas as coisas grandes que faríamos

Aqueles eram os dias meu amigo
Pensávamos que não acabariam nunca
Dançaríamos pra sempre e mais um dia
Viveríamos a vida que escolhemos
Lutaríamos e nunca perderíamos
Pois éramos jovens e certos de que seria de nosso jeito

La la la la la la
La la la la la la
La la la la, la la la la la la la

Então os anos ocupados nos atravessaram
Perdemos nossas noções estreladas pelo caminho
Se por acaso te visse na taverna
Sorriríamos um para o outro e diríamos

Aqueles eram os dias meu amigo
Pensávamos que não acabariam nunca
Dançaríamos pra sempre e mais um dia
Viveríamos a vida que escolhemos
Lutaríamos e nunca perderíamos

La la la la la la
La la la la la la
La la la la, la la la la la la la

Bem essa noite fiquei parada em frente a taverna
Nada parecia como antes
No vidro vi um reflexo estranho
Aquela mulher solitária era realmente eu?

Aqueles eram os dias meu amigo
Pensávamos que não acabariam nunca
Dançaríamos pra sempre e mais um dia
Viveríamos a vida que escolhemos
Lutaríamos e nunca perderíamos
Aqueles eram os dias, oh sim aqueles eram os dias

La la la la la la
La la la la la la
La la la la, la la la la la la la

La la la la la la
La la la la la la
La la la la, la la la la la la la

Pela porta saiu uma risada conhecida
Vi seu rosto e ouvi vc chamar meu nome
Oh meu amigo estamos mais velhos mas não mais sábios
Pois em nossos corações os sonhos são os mesmos ainda

Aqueles eram os dias meu amigo
Pensávamos que não acabariam nunca
Dançaríamos pra sempre e mais um dia
Viveríamos a vida que escolhemos
Lutaríamos e nunca perderíamos
Aqueles eram os dias, oh sim aqueles eram os dias

La la la la la la
La la la la la la
La la la la, la la la la la la la
[endtext]

8 comentários:

lyahsol disse...

"Realmente querido, fostes longe agora...Muito bom recordar...Aliás, alguem já disse...RECORDAR É VIVER!!"

Anônimo disse...

e linda adorei bjoss

CIDINHA disse...

LINNNDAA D++++ !!!!!

beijosss

ZENILDE disse...

POXA, VC HEIM? CADA DIA UMA NOVA LEMBRANÇA. ADOREIIIIIIIIIIIII...
RECORDAR???... BOM DEMAIS DA CONTA!

pretynha disse...

belissíma
vc e' demais achar esta música do passado
adorei bjs

Lauriete 2010 disse...

Passando para prestigiar as abençoadas postagens, te convido para visitar a minha Web Rádio, que há 3 anos vem tocando 24 hs louvores avivados e mensagens edificantes...
acesse o nosso blog e confira nossa programação:
http://www.radiopentecostal.blogspot.com
Aceito Parceria = Troca de Banner.

fatimacar disse...

LINDA ..... MUITO BOM RECORDAR E VIVER .... E COMO SE VOLTASSE OS TEMPOS E BOMMMMMM DEMAISSSSSSSSS BJSSSSSS ........ SONIA

sonia negrison disse...

olá menino, amei esta música, lembro-me de qdo era adolescente, muito linda canção....
grata....soninha