HURRICANE SMITH - Don't let it die

[postlink]http://veiapan.blogspot.com/2010/04/hurricane-smith-dont-let-it-die.html[/postlink]http://www.youtube.com/watch?v=haVQC0KffPkendofvid
[starttext]
Norman Smith (Hurricane Smith), foi um músico e produtor musical britânico nascido o 22 de fevereiro de 1923. Depois de iniciar-se como músico no mundo do jazz, começou a trabalhar como aprendiz de engenheiro de som para a discográfica EMI, chegando a ser produtor e engenheiro de som nos míticos estudos de Abbey Road e a trabalhar com grupos como The Beatles ou Pink Floyd. Com The Beatles trabalhou como produtor e/ou engenheiro de som em todos os álbuns que o grupo de Liverpool gravou entre 1963 e 1965.

Em 1967 produziu The Piper at the Gates of Dawn, o primeiro trabalho de Pink Floyd, com os que também colaborou em seus trabalhos de 1968 (A Saucerful of Secrets) e 1969 (Ummagumma). Sua colaboração com Pink Floyd e The Beatles lhe grangeó fama por sua elaborada produção e foi elogiado pela crítica pela meticulosidad de suas últimas gravações.

Norman Smith introduziu aos Pink Floyd no mundo da música concreta ao mostrar naqueles dias de 1967 o potencial dos estudos da EMI em Abbey Road e a ele se devem grande parte dos sons extra-musicais que podem se ouvir ao longo de The Pipper at the Gates of Dawn.

Em 1968 foi o produtor de S.F. Sorrow dos The Pretty Things, considerado o primeiro álbum de rock conceptual. A princípios dos anos 70, baixo o pseudónimo de "Hurricane Smith," gravou alguns temas de sucesso, como "Dom't Let It Die" (1971) ou "Oh Babe What Would You Say". Em 2004 sacou um novo trabalho no que reinterpretó, junto a temas novos, seus sucessos dos anos 70.

Faleceu o 3 de março de 2008.

Fonte:http://pt.wikilingue.com/es/Norman_Smith

Don't Let It Die
(Hurricane Smith)


The mountainside, the flower grows
The riverside where the water flows forever
The jungle life of mystery
The wide and graceful history of life

Don't let it die
Don't let it die
The tiger's free, the kangaroo
It's up to me and up to you

What we see is what we choose
What we keep or what we lose forever
The world is ours to tear apart
But what if it's too late to start again?

Don't let it die
Don't let it die
Or say good-bye - amen

Don't let it die
Don't let it die
Or say good-bye in the end
Não deixe isso morrer

Ao lado da montanha, a flor cresce
Ao lado do rio onde a àgua brota para sempre
A vida da floresta o mistério
A longa e graciosa história da vida

Não deixe isso morrer
Não deixe isso morrer
O tigre é livre, o canguru
Depende de mim e depende de você

O que nós vemos é o que nós escolhemos
O que nós matemos ou perdemos para sempre
O mundo é nosso para chorar por ele
Mas e se é tarde de mais para remomeçar de novo?

Não deixe isso morrer
Não deixe isso morrer
Ou diga adeus - amém

Não deixe isso morrer
Não deixe isso morrer
Ou diga adeus no fim.
[endtext]

6 comentários:

angel2312 disse...

Amigo adoreiiiii, vc é show.
beijos

denise disse...

amo essas musicas vc percebeu que temos algo em comum?amamos as mesmas musicas,somos muito romanticos em josé te adoro beijos vc é maravilhoso......

CIDINHA disse...

é linda JOSÉ!!!
como sempre de muito bom gosto amigo
beijos e PARABÉNS pelas postagens!!

NEIDE disse...

EITA MUSICÃO,,,RSRSRRSRS

VOCÊ NOS LEVA AO PASSADO COM TODA A NOBREZA E CARINHOSAMENTE NOS FAZ SONHAR.
BEIJOKINHAS QUERIDO.

Chrisma-Sampa Brasil disse...

Nossa que lindo!...
Você tem gosto bem apurado?
Ou você é do ramo?
Quem é você? J.R.

Abraços mil!... para você!...
Chrisma-Sampa Brasil

Anônimo disse...

amei! não sei como explicar isso as 2:42 da manhã. acho que voltei o tempo pra algum lugar, na mesma hora,
ouvindo a mesma musica. beijo JO. de sua amiga lizete.