Junior - Excuse me

[postlink]http://veiapan.blogspot.com/2010/02/junior-excuse-me.html[/postlink]http://www.youtube.com/watch?v=Iy-kzWJqwqoendofvid
[starttext]
Antonio Morales Junior, nasceu nas Filipinas no dia 10 de setembro de 1943 e aos 15 anos mudou-se com a família para a Espanha. É o maior de 5 irmãos. Tornou-se conhecido a partir de 1974, quando gravou a canção "Excuse Me", versão em inglês da música "Perdoname" letra original da dupla de compositores espanhóis A. Morales e Snapier Bell.
A canção "Excuse Me" só fez sucesso aqui no Brasil, principalmente sua versão em inglês, talvez embalada pela onda dos sucessos de artistas como Morris Albert, Chrystian, Dave McClean e outros brasileiros que estavam estourados nas rádios com hits na lingua de Tio Sam.
No Brasil, Junior fez sucesso com apenas duas canções: a citada "Excuse Me", em 1974, e também a balada "Give A Second Chance", música que fez parte da trilha sonora da novela global "Anjo Mau" de 1976.

O único LP do cantor lançado no Brasil em 1976, trazia como título o seu maior sucesso, "Ecuse Me". Neste álbum há uma curiosa versão em inglês do clássico de Dolores Duran, "A Noite Do Meu Bem", cuja versão recebeu o título de "Morning".

Em 1970, casou-se com a cantora espanhola, Rocío Dúrcal, com que teve tres filhos, entre eles a atriz Carmen Morales e a cantora Shaila Dúrcal.

Se tornou conhecido mundialmente, em 1974, com a gravação de "Excusa me", versão em inglês da música "Perdoname"


Excuse Me
(A. Morales/Snapier Bell)


You, a float in the lost world of dreams
A mystical maker of schemes
Emotionally on my means
Me, no more than a grain of sand
And lost in the beach of your land
Unable to understand

When you're near
Reality loses its hold
And lonely the tears wet my soul
But what goes on inside your mind
And where i go
That fantasy drives us back
It really can't be so bad
And let it be people don`t know
Love, the chances are so very few
Excuse me for the strange things i do
I'm drowning in an ocean of you
Perdoe-me

Você, uma balsa perdida num mundo de sonhos
Uma mística criadora de sonhos
Emocionalmente em meus sentidos
Eu, nada mais que um grão de areia
E perdido na praia de seu reino
Incapaz de entender

Quando você está perto
A realidade perde sua influência
E sozinho, as lágrimas molham minha alma
Mas o que se passa dentro de sua mente?
E onde quer que eu vá
Aquela fantasia nos traz de volta

Realmente não pode ser tão ruim
Deixá-la fazer as pessoas felizes novamente
Amor, as oportunidades são tão poucas
Perdoe-me pelas coisas estranhas que faço
Estou me afogando em teu oceano


Quando você está perto
A realidade perde sua influência
E sozinho, as lágrimas molham minha alma
Mas o que se passa dentro de sua mente?
E onde quer que eu vá
Aquela fantasia nos traz de volta
Realmente não pode ser tão ruim
Deixá-la fazer as pessoas felizes novamente
[endtext]

1 comentários:

sonia negrison disse...

Essa música é muito linda...dancei muito qdo era jovem....traz-me boas recordações...vontade de voltar ao tempo.....
Soninha...
bijinhos...